Sepúlveda Pertence também quer fugir de Sérgio Moro? Que vergonha



Ao que tudo indica, o reforço de um ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal)  na defesa do ex-presidente Lula não afastou o pavor inexplicável que o petista tem do juiz federal Sérgio Moro. A defesa do ex-presidente, comandada pelo advogado de luxo e ex-presidente do Supremo, Sepúlveda Pertence, pediu ao ministro Edson Fachin, do STF, que suas decisões sobre pedidos de afastamento do juiz federal Sergio Moro sejam reconsideradas. O pedido foi divulgado nesta terça-feira, 13, quando Sepúlveda já avia assumido a defesa do ex-presidente Lula.

Como em outros pedidos anteriores, os defensores do petista argumentam que Moro teria demonstrado parcialidade e pré-julgado o ex-presidente, além de reclamar da relação do juiz com a imprensa. Para a defesa de Lula, "atos praticados pelo juiz suspeito violam diretamente a Constituição Federal".

Caso as decisões não sejam revertidas pelo próprio Fachin, os advogados de Lula querem que o tema seja debatido pela Segunda Turma do Supremo, formada pelos ministros Celso de Mello, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli, além do próprio Fachin. O ministro, que relata os processos ligados à Operação Lava Jato no STF, ainda deverá se pronunciar a respeito das petições dos advogados, protocoladas na última sexta-feira (9).

Apesar de não constar na petições apresentadas ao ministro, Sepúlveda Pertence se reuniu com Fachin na última quinta-feira (8), quando já era apontado pelo próprio PT como responsável pela defesa de Lula.
-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget