Resposta a Gabriel, o Pensador e à Globo sobre hipocrisia de crianças morridas



Que tiro foi esse?
Que rasga a carne atravessa a cabeça da criança que sequer sonhou
Ninguém se pergunta de quem foi a mão que disparou nem quem a armou
A droga de vida invade a carne e tira a vida de quem nunca se drogou
De quem nunca votou

O papo cabeça que sai da cabeça de quem faz a cabeça com drogas ilícitas
Onde está a cabeça dessa gente cabeça que se entorpece no seu dia a dia
Que compra a droga financia o tráfico sem deixar de lado a hipocrisia?
A fumaça do trago assassino se dissipa no ar como a vida da criança morrida

Que tiro foi esse?
Parece uma bala comprada com um trago
Que grito foi esse?
Perece uma mãe com um filho ensanguentado nos braços


Nota: quem consome ou faz apologia ao uso de drogas financia narcotraficantes no Brasil e no exterior, arma assassinos e ajuda aliciar jovens para o crime. Acompanhe no vídeo abaixo a poesia que os usuários e apologistas ao consumo de drogas estão ajudando a compor:

-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget