PT arrependido por atacar tanto o juiz Sérgio Moro. Estratégia foi tiro no pé e a ordem agora é pegar leve



O PT chegou à conclusão de que foi um péssimo negócio promover uma campanha maciça de difamação e tentativas de desqualificação do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância.

A conclusão tardia ocorre num momento em que sequência de derrotas do ex-presidente Lula na 13;ª Vara Federal da Curitiba, no Tribunal Regional da 4.ª Região de Porto Alegre e no Superior Tribunal de Justiça colocaram o petista praticamente dentro de um presídio.

Diante do risco do Supremo Tribunal Federal negar um habeas corpus preventivo que garanta que Lula não seja preso, "o PT fez uma autocrítica e rendeu-se à conclusão de que os pesados ataques ao juiz Sergio Moro despertaram um sentimento corporativista em todo o Judiciário. A sigla decidiu baixar armas e evitar provocações na tentativa de recriar um ambiente mínimo de diálogo com o STF, última trincheira em que pode investir para evitar a prisão e a inelegibilidade do ex-presidente Lula".

Com informações do Painel da Folha
-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget