O mico do século - Wadih Damous comemorando inocência de Lula no caso do triplex - VÍDEO




Nos últimos anos, a população brasileira acabou se familiarizando com a extraordinária capacidade dos intelectuais do PT em falar bobagens. A situação tem sido tão vergonhosa que ninguém mais quer ser tratado como um intelectual. Os petistas contribuíram de forma tão negativa para a evolução do pensamento ao longo da última década e meia, que chamar alguém de intelectual tornou-se quase uma ofensa.

Mas um dos episódios mais pitorescos protagonizados pelos intelectuais do PT foi sem dúvida o entusiasmo com que o os subordinados do ex-presidente Lula comemoraram a notícia de que o petista teria sido inocentado no caso do triplex Guarujá (SP). Esta foi justamente a ação penal que rendeu ao ex-presidente uma condenação a uma pena de mais de 12 anos de prisão em regime fechado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Mas os aliados e simpatizantes do ex-presidente estavam tão apreensivos com a possibilidade deste desfecho trágico que se apegavam a qualquer esperança de ver o petista se safar de seus crimes. Movidos pelo desespero, milhares de petistas passaram por um enorme constrangimento. Os blogs da esgotosfera e os defensores ferrenhos do ex-presidente passaram dias comemorado uma notícia que não tinha relação com o processo de Lula.

A euforia se propagou logo após o anúncio da Polícia Federal sobre o desfecho da Operação Triplo X - que investigava um esquema de lavagem de dinheiro ocorrido na compra de vários apartamentos no mesmo prédio do Guarujá onde Lula também teria um imóvel.

Sem sequer se inteirarem sobre o que se tratava a investigação da PF, os petistas partiram para a galera e comemoraram efusivamente o desfecho da investigação, dizendo que Lula foi inocentado. Não prestaram atenção em um pequeno detalhe: a investigação era relativa a cinco imóveis ligados à Mossack Fonseca, escritório com sede no Panamá, especializado em abrir offshores (empresas no Exterior) para milionários que muitas vezes desejam ocultar seus bens. A PF concluiu que parte do prédio foi comprada pelo escritório internacional para limpar dinheiro de origem ilícita.

Acontece que Lula era investigado em outro inquérito sobre apartamentos do Condomínio Solaris. O caso dele foi um desdobramento da Operação Alheteia, na qual o petista era investigando por ter se beneficiado de gastos feitos por empreiteira OAS na cobertura reservada ao ex-presidente e sua família. Lula não foi inocentado, pois não era investigado na Operação Triplo X. Simples assim.

Os blogs de Paulo Henrique Amorim, o Brasil247 e o cafezinho são apenas alguns dos sites que pagaram o mico de comemorar uma notícia tão óbvia, sem sequer se dar o trabalho de ler os autos do processo. Um grupo de petistas chegou a organizar um "farofaço" na porta do Edifício Solaris para comemorar o desfecho da operação da PF. Ninguém se ligou que estavam comemorando o desfecho da operação errada.

Como todos sabem, a euforia dos petistas durou pouco. Lula foi indiciado e condenado pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção no caso do triplex. Lula vai ser preso por isso em breve.

De qualquer forma, fica o registro do mico histórico. Entre todos os intelectuais do PT que se precipitaram a comemorar um outro fato, um dos micos mais espetaculares deste episódio foi protagonizado pelo deputado Wadih Damous (PT-RJ). O petista gravou um vídeo para "comemorar"  inocência de Lula, delatado por Léo Pinheiro, seu ex-amigo e ex-presidente da OAS. Sem se dar conta da besteira que estava fazendo, o Pit Bull de Lula reclamou pelo fato dos grandes órgãos da imprensa não terem noticiado "a vitoria" do petista ter sido inocentado pela PF. É claro que não noticiaram, pois isto nunca ocorreu. Para ficar ainda mais ridículo, o idiota ainda aproveitou o episódio para atacar a figura do juiz Sérgio Moro. Detalhe: Damous é advogado e foi presidente da OAB/RJ. Acompanhe o mico do Pit Bull do Lula no vídeo abaixo:

-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget