linkaki

Lula pode se sentir aliviado na prisão. Sua liberdade de ir e vir já está comprometida no Brasil



Uma das vantagens na prisão do ex-presidente Lula, é que ele não precisará mais viver cercado por um exército de militantes do PT, CUT e MST, encarregados de isolá-lo da sociedade e evitar que ele seja hostilizado por onde quer que vá.

Lula alcançou o status de homem mais repudiado do país e, apesar de ter sido um ex-presidente da República, não pode circular de cabeça erguida pelas ruas do país. Nem mesmo cercado por seguranças. Membros da esquipe que o acompanha já confirmaram que é impossível evitar que populares se aproximem do petista apenas para chamá-lo de ladrão.

Embora o petista ainda tente criar uma falsa impressão de que é querido pela população, seja através de pesquisas duvidosas dos institutos de pesquisa ou pela multidão de figurantes que contrata para acompanhar seus atos políticos, o fato é que membros do MST ou CUT não representam a sociedade. Militante não é povo, mas um profissional contratado para proteger Lula dos brasileiros revoltados.

Lula se tornou réu em sete ações penais nas quais responde por centenas de atos de corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa, tráfico de influência e falsidade ideológica.

O petista, que foi condenado a uma pena de 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado, não deve estranhar a constrição em sua liberdade de ir e vir. Lula já convive com esta restrição em seu dia a dia.


Informe seu Email para receber notícias :