linkaki

Lula já era. Ciro Gomes deve ser o candidato da esquerda corrupta que assaltou o Brasil por 13 anos



O ex-ministro Ciro Gomes deve se consolidar como a principal opção da esquerda corrupta que integrou a organização criminosa que assaltou o dinheiro do contribuinte ao longo de quase uma década e meia. O ex-presidente Lula já é considerado carta fora do baralho e caminha para a prisão já nas próximas semanas.

Ao que tudo indica, Ciro deve herdar a base política do ladrão e já fala como chefe dos subordinados do futuro presidiário. Nesta terça-feira (20), cinco partidos que formaram o núcleo central da bandidagem que deixou o país em petição de miséria lançam o o manifesto "Unidade para Reconstruir o Brasil".

O manifesto é subscrito pelas fundações vinculadas ao PT, PDT, PSB, PSOL e PC do B, o documento  já excluiu o nome do ex-presidente Lula como possível candidato. A exclusão da expressão “eleição sem Lula é fraude”  aconteceu a pedido do próprio Ciro Gomes.

Há tempos, o ex-ministro já vem descartando Lula, embora alguns petistas menos esclarecidos ainda insistam em defender um criminoso condenado em fim de carreira. Ciro é mais pragmático e sabe que a esquerda deve correr para lamber seus pés justamente por ser o único candidato da esquerda com possibilidade de eleger alguns políticos dos partidos que devem compor a aliança em torno de seu nome. Embora não tenha qualquer chance de chegar ao segundo turno, o ex-ministro de Lula deve fazer seu teatro e tentar ocupar o vácuo deixado pelo petista na política nacional.

Ciro deve exigir que o nome de Lula não seja mencionado, caso a aliança anunciada nesta terça-feira venha a prosperar. Segundo a Folha, "As fundações signatárias fazem questão de frisar que essa não é a consolidação de uma aliança eleitoral entre os partidos aos quais estão vinculadas. Essa também foi uma condição imposta por Ciro.

Informe seu Email para receber notícias :