Globo, Luciano Huck e Fausto Silva são intimados a prestar esclarecimentos sobre campanha antecipada e abuso de poder econômico



O ministro Napoleão Nunes Maia, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), intimou os apresentadores Luciano Huck e Fausto Silva, além das Organizações Globo, a prestar esclarecimentos sobre um programa veiculado na TV no começo de janeiro.

As partes terão que prestar esclarecimento no TSE por suposto abuso dos meios de comunicação e de poder econômico praticado pela TV Globo e pelos apresentadores. Faustão é acusado de usar seu programa para promover a a candidatura de Luciano Huck  à Presidência da República, em cadeia nacional, durante entrevista em seu programa dominical veiculado no dia 7 de janeiro de 2018 pela Rede Globo, o que comprometeria a isonomia do pleito que se aproxima”.

"Entendo que, para melhor e mais ponderada apreciação da situação processual e material que ora se manifesta, cumpre determinar, o que ora faço, sejam as partes Representadas regularmente intimadas para manifestarem-se no prazo de 5 (cinco) dias, querendo-o, conforme entenderem de seu direito ou da defesa de seus interesses", escreveu o ministro na decisão.

O programa foi ao ar em meio a notícias que infestavam a imprensa sobre a candidatura de Huck nas eleições de 2018. Para minimizar o mal estar com o episódio, a Rede Globo alegou que o programa teria sido gravado meses antes dos rumores sobre a candidatura de Huck.

A Globo divulgou uma nota informando que o programa teria sido gravado no dia 11 de novembro – dois meses antes da exibição, mas detalhes da entrevista contradizem a versão da emissora, como o momento em que Faustão pergunta a Luciano Huck como foram as festas de fim de ano.
-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget