linkaki

Gleisi Hofmann destruída por delator. Advogado detalhou 23 milhões de reais em propinas recebidos pela petista.



A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, foi diretamente apontada pelo advogado Marcelo Maran como beneficiária de  cerca de 23 milhões de reais. No registo do depoimento inédito colhido pela Procuradoria-Geral da República obtido pela Veja, o advogado detalha como dinheiro desviado dos cofres públicos era usado pela senadora petista. Segundo a reportagem, os recursos desviados serviram não apenas para pagar as campanhas eleitorais de Gleisi Hoffmann, como também proporcionar conforto para a senadora e sua família.

Diz a reportagem da Veja que, "Segundo Maran, despesas comezinhas da atual presidente do PT e do marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, eram bancadas por uma conta-propina abastecida, na ponta, pelo dinheiro do contribuinte. Os gastos incluíam gasolina, taxas de IPVA, conta de luz, condomínio, conserto de liquidificador, brinquedos para seus filhos e pequenos luxos, como motorista particular – informações que ela nega.

As revelações estão em reportagem publicada na edição de VEJA que chega nesta sexta-feira às bancas. Você pode conferir a matéria na íntegra  aqui.

Segundo informou o advogado, Gleisi embolsou R$ 7 milhões desviados do ministério do Planejamento, R$ 5 milhões da Odebrecht, R$10 milhões da JBS e R$ 1 milhão diretamente do Petrobras

Informe seu Email para receber notícias :