Dilma e Gleisi disseram que notícia sobre contratação de Sepúlveda Pertence era golpe. O ex-ministro do STF nem leu os processos e já foi logo dizendo que Lula é vítima



Quando o Estadão divulgou a informação sobre a possibilidade do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Sepúlveda Pertence vir a integrar a defesa do ex-presidente Lula, a ex-presidente Dilma Rousseff e a senadora Gleisi Hoffmann acusaram a publicação de golpista. Executiva Nacional do PT chegou a aprovar uma nota em resposta à reportagem do Estado na qual desmentia "categoricamente" o teor da publicação. O setorial jurídico do PT chamou a reportagem de "covarde" e Dilma Rousseff, em suas redes sociais, classificou a informação como "golpista"

Apesar do escândalo de Dilma e Gleisi contestando a informação de que Lula um dos criminologistas mais caros do país, a informação acabou se confirmado. Sepúlveda Pertence assumiu a defesa da petista nesta terça-feira (6). Antes mesmo de ler os autos dos processos que pesam contra seu ilustre cliente, o advogado de banqueiros já foi logo dizendo que Lula é vítima de uma perseguição. "É pior, a maior (perseguição) desde Getúlio Vargas", afirmou o ex-ministro do STF e advogado do banqueiro André Esteves.

Dilma Rousseff e Gleisi Hoffmann não apareceram para comentar a contratação do ilustre criminalista.


-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget