linkaki

Ciclovia Tim Maia, a obra de Dilma e Eduardo Paes que já matou duas pessoas, desaba novamente no Rio



A menos de dois anos após o primeiro desabamento que causou a morte de duas pessoas, mais um trecho da ciclovia Tim Maia desabou na madrugada desta quinta-feira, 15, O desabamento da ciclovia que estava interditada ocorreu em na altura de São Conrado, zona sul do Rio.

Orçada inicialmente em R$ 12 milhões, a ciclovia que liga um pequeno trecho entre a na Zona Oeste e a Zona Sul do Rio teve custo de R$ 44,7 milhões. A obra foi realizada durante a gestão do ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes e da ex-presidente Dilma Rousseff, foi realizada por uma empresa pertencente à família do então secretário de Turismo da cidade, Antônio Pedro Viegas Figueira de Mello.

Irregularidades no projeto foram acobertadas pelos órgãos de fiscalização, Em abril de 2016, um outro trecho da ciclovia desabou e matou duas pessoas. Segundo o Globo informou na ocasião, "O Crea-Rj foi intimado pela Justiça a periciar a obra e apresentar seu parecer. Ao concluir o estudo, a entidade identificou problemas nos pilares da estrutura, como pontos de corrosão. O laudo apontou que a ciclovia não apresenta condições adequadas de segurança para os usuários e sugere que ela fique interditada nos meses em que são recorrentes as ressacas no mar."


Informe seu Email para receber notícias :