linkaki

Artistas petistas criam campanha contra intervenção que tenta livrar população do Rio do crime organizado



A intervenção federal no Rio de Janeiro ganhou um novo inimigo. Os artistas e ativistas de esquerda saudosos do governo Dilma que integram o Movimento #342 resolveram ficar ao lado dos marginais, policiais corruptos, setores da PM e de outros incomodados com a iniciativa que tem como objetivo combater o crime organizado e tirar a população do estado da condição de refém da violência.

Os artistas que estiveram ao lado dos políticos corruptos do PT e foram duramente impactados com o fim das mamatas na Lei Rouanet agora resolveram atacar a intervenção federal na segurança pública do estado do Rio.

Segundo o Blog do Ancelmo Gois, os artistas saudosos dos governos do PT "reuniram-se novamente na casa de Paula Lavigne e Caetano Veloso para falar sobre o tema. Dessa vez, fizeram o vídeo abaixo denunciando, segundo eles,  "a farsa da intervenção militar no Rio, que foi   criada por Michel Temer para tentar sair do fundo do poço da popularidade". No filme, o grupo apresenta propostas para o caos da segurança pública no estado. Conta  com participação de Luiz Eduardo Soares, autor do livro que deu origem ao filme "Tropa de Elite",  o coronel reformado e ex-comandante geral da PM, Ibis Pereira, além de Camila Pitanga, Alinne Moraes, Sônia Braga, Letícia Sabatella, Nathalia Dill, Maria Padilha, Guilherme Boulos e o pessoal do Porta dos Fundos".

Curiosamente, a maioria destes artistas já se manifestaram favoráveis à descriminalização do uso de drogas, foram contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e são contrários à prisão do ex-presidente Lula, o criminoso condenado recentemente por corrupção e lavagem de dinheiro. 

Informe seu Email para receber notícias :