linkaki

A prisão do condenado. Presidente do TRF-4 confirma celeridade no julgamento dos recursos de Lula



O presidente do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores, confirmou nesta sexta-feira, 23, em São Paulo, que o recurso do ex-presidente Lula relativo à sua condenação no caso do triplex será julgado rapidamente pela Corte. O petista foi condenado a 12 anos e um mês de prisão em regime fechado pro unanimidade pelos desembargadores da 8.ª Turma do TRF-4.

No limite do prazo previsto, Lula, por meio de sua defesa, entrou com embargos de declaração em que questiona a decisão. Este embargo não tem poder de modificar o resultado do julgamento, no qual o petista foi condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

"Os recursos do ex-presidente e do Ministério Público (MP), se houver, vão ser julgados, e o tribunal tem sido rápido", disse Flores. Ele afirmou, ainda, que os recursos após o processo passar no TRF-4 não são "fáceis" porque instâncias superiores não analisam provas. "Não são recursos fáceis porque nem STJ (Superior Tribunal de Justiça) nem STF (Superior Tribunal Federal) examinam prova."

Isto significa que o juiz Sérgio Moro poderá decretar a prisão de Lula nas próximas semanas, conforme orientação do próprio TRF-4. 

Informe seu Email para receber notícias :