linkaki

Veja quem é o petista que pode ter dado a senha de que Lula iria fugir



Embora a notícia de que o juiz da 10.ª Vara do Distrito Federal, Ricardo Leite tenha determinado a apreensão do passaporte do ex-presidente Lula e proibido que ele viajasse para a Etiópia tenha pego muita gente de surpresa, a possibilidade era 'caçapa cantada' por vários dirigentes do PT. Todos temiam um pedido de apreensão do passaporte do petista. O próprio Lula, que também foi pego de surpresa já com as malas na mão, havia sido aconselhado a desistir da viagem.

Estava mesmo dando muito na pinta esta história de vazar do país após ter sido condenado em segunda instância e com a prisão praticamente certa. O próprio Lula havia 'escorregado' durante entrevista ao jornal alemão Die Zeit há uma semana, quando disse 'Se eu for condenado, entrarei com recurso e viajarei dois dias depois à Etiópia'. A entrevista foi reproduzida no site do próprio Lula, como pode ser visto Aqui.

Lula também andou dando outros 'moles'. Com sua arrogância peculiar, o petista caiu na besteira de debochar da sociedade e de seus opositores que questionavam sua viagem em circunstâncias tão 'providenciais'.

“Eu vou para a África e nossos adversários são tão ignorantes que, se eu fosse para a França, eles iriam dizer que o Lula vai ficar exilado. Se eu fosse para a Itália, iriam dizer que o Lula vai ficar exilado, como já falaram. Mas, como eu vou para a África, eles não ousam, porque o preconceito é tão grande que eles não admitem que alguém vá para a Etiópia ficar exilado”, afirmou o petista em São Paulo durante ato nesta quinta-feira, pouco antes da notícia sobre a proibição de sua viagem.

Como é possível perceber, as autoridades tinham vários motivos para proibir que o petista deixasse o país e mandassem apreender seu passaporte. Mas até aqui, nada tinha sido tão sugestivo sobre a possibilidade de fuga de Lula para a Etiópia quanto a declaração de um integrante muito querido na alta cúpula do PT. Coube ao pré-candidato do PT ao governo de São Paulo, Luiz Marinho, dar a deixa que todos aguardavam:

"A prisão pode ser o desejo de muita gente, mas não vão assistir", afirmou o petista, que emendou: "Se o Judiciário tirou as coisas dos eixos, o que vamos fazer? Ficar de braços cruzados? Estão querendo botar fogo no País. Depois não venham dizer que somos culpados."

Luiz Marinho parecia muito convicto de que 'ninguém' iria assistir a prisão de Lula. Diante desta declaração tão emblemática, só é possível extrair duas conclusões: ou Marinho tinha informação sobre alguma mudança na Legislação Brasileira, ou sabia que Lula não seria alcançado pelos braços da Lei. A Etiópia não possui acordo de extradição com o Brasil, de modo que, uma vez em solo etíope, Lula estaria seguro. 

Informe seu Email para receber notícias :