Prevendo disputa de votos de petistas com Ciro Gomes, Marina Silva diz que vê com indiferença participação de Lula nas eleições



A ex-petista e pré-candidata à Presidência da República pela Rede Sustentabilidade Marina Silva minimizou a importância da participação do ex-presidente Lula nas eleições de 2018.

Ao Globo, Marina demonstra uma tendência de se distanciar do ex-presidente visando atrair a simpatia de militantes petistas decepcionados com Lula. A ex-ministra afirmou que não pretende adaptar seu programa de governo para atrair o eleitorado do petista, caso Lula seja impedido de participar da disputa ao Palácio do Planalto.

— A campanha não deve se guiar pela participação ou não de Lula. As propostas não serão construídas para agradar um perfil de eleitorado, mas para dialogar com o povo brasileiro.

Marina tem vantagens sobre o pré-candidato Ciro Gomes na disputa pelos votos do que seriam de Lula, caso o petista tenha sua condenação pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro confirmada pelo TRF-4 e torne inelegível ex-presidente.

Ciro Gomes tem se mantido em cima do muro nos últimos dias, após ter tentado se promover tecendo duras críticas contra Lula nos últimos meses. Além de chamar Lula e LADRÃO e de ter afirmado que ninguém é idiota para acreditar que o petista é inocente com tantos milhões em suas contas, Ciro afirmou em entrevista recente à BBC que Lula “é o grande responsável por este momento político trágico que o Brasil está vivendo” e classificou a candidatura de Lula de “desserviço ao Brasil”.

Diante da possibilidade de Lula ser condenado e ficar de fora das eleições de 2018, Ciro passou a recuar de sua estratégia anterior e agora diz torcer para que o petista seja inocentado no julgamento na Segunda Instância.
-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget