Página de Bolsonaro no Facebook pode ter sido alvo de hack para burlar sistema e elevar artificialmente número de seguidores



A denúncia de que Facebook estaria impedindo que seguidores do deputado e presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ) enviem convites para amigos curtirem a página pode esconder uma manobra vergonhosa.

O deputado chegou a publicar um vídeo em sua página na qual um seguidor faz o teste e mostra que o Facebook não deixa que sejam enviados convites, mostrando uma mensagem de erro. Para Bolsonaro, o episódio mostra que há “controle da mídia” e “censura” a ele.

“Grande parte de nossa imprensa é de esquerda e está a serviço do socialismo. O controle social da mídia é uma realidade que parece não assustar muita gente. Se me censuram é porque defendo exatamente o oposto: liberdade, menos estado, respeito à família...”, escreveu Bolsonaro em uma publicação, na qual disponibilizou o vídeo de um apoiador.

O fato é que o pré-candidato à Presidência pode ter sido vítima de um hack utilizado por seus próprios aliados para inflar o número de curtidas em sua página. O Facebook possui recursos para impedir que aplicativos  com spam e mecanismos de malware que são desencadeados para realizar tarefas automaticamente. O sistema da rede social detecta que algo está sendo processado rápido demais e impede que os robôs ou códigos maliciosos sejam executados.

A política da rede social não permite que sejam feitas acusações contra usuários identificados por tais práticas, algo muito comum no Facebook, que explicou que “Quando uma ação é repetida em grande escala, temos sistemas que restringem o uso temporário de determinadas ferramentas por questões de segurança. Vale ressaltar que isso vale para qualquer Página no Facebook.”

O que é Hack?

Hack é uma linguagem de programação para HHVM . Hack reconcilia o ciclo de desenvolvimento rápido de uma linguagem dinamicamente digitada com a disciplina fornecida pela digitação estática, ao mesmo tempo em que adiciona muitos recursos comumente encontrados em outras linguagens de programação modernas.

Hack fornece verificação de tipo instantânea, verificando seus arquivos de forma incremental enquanto os edita. Geralmente, ele é executado em menos de 200 milissegundos, facilitando a integração em seu fluxo de trabalho de desenvolvimento sem apresentar um atraso notável.

Veja um exemplo do uso de um Hack para transferir conteúdo de forma automática para o Facebook:

"Nós (um hackerspace local) temos um blog do Tumblr e queremos nos tornar uma página do Facebook. Antes de entrar em ação, queríamos importar todo o conteúdo do Tumblr para o Facebook para que nossos fãs no Facebook também possam navegar aqui. Por isso, criei um aplicativo que lê todas as postagens do blog do Tumblr e as publica na nossa nova página do Facebook (backdating as postagens também). Aqui está o meu problema: depois que o aplicativo faz cerca de ~ 130 re-posts (~ 260 operações: publish + backdate), começo a obter um erro

Resposta de erro de Facebook recebida do tipo OAuthException: Parece que você usou esse recurso indo muito rápido. Você foi impedido de usá-lo".

É possível que administradores de páginas pró-Bolsonaro tenham tentado usar este tipo de recurso para transferir assinantes para a página oficial do pré-candidato e de outras páginas favoráveis à sua candidatura.

Caberia a equipe do próprio Bolsonaro esclarecer os fatos, uma vez que este tipo de conduta não seria visto como algo adequado.
-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget