Ousadia tem limites e ministros do STF ainda tem algum juízo. Dificilmente vão mudar regra que permite prender Lula




Enquanto setores da imprensa especulam que os ministros do Supremo Tribunal Federal podem promover mudanças na regra que prevê a prisão de condenados na segunda instância, a aposta no bom senso dos membros da Corte chega a ser risível, diante do retrospecto de descalabros perpetrados por alguns integrantes do Colegiado.

Mas talvez seja justamente a falta de credibilidade que assola a reputação dos pomposos ministros da Corte o elemento catalisador de uma resolução mais alinhada com a vontade popular.

O caso de Lula chega a ser insignificante diante da possibilidade de impunidade que um precedente tão vergonhoso abriria para criminosos ricos e poderosos. Por outro lado, exporia de forma demasiada a má índole daqueles que insistirem em abir os portões da vergonha para condenados em segunda instância de todo o país.

A necessidade da definição sobre o entendimento em vigor não deve prevalecer sobre a oportunidade de assegurar a impunidade para alguns. Diante do momento histórico vivido pelo país em sua cruzada como civilização no combate à corrupção, a contribuição negativa de qualquer membro do STF neste sentido também significaria uma eterna chaga bem no meio da cara desse sujeito.
-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget