linkaki

Nome de Lula foi incluído no Sistema de Procurados da Polícia Federa, a lista de possíveis fugitivos



O episódio envolvendo a apreensão do passaporte do ex-presidente Lula está repleto de detalhes que demonstram a gravidade da situação do petista perante as autoridades. Além de ter sido proibido de sair do Brasil, Lula teve seu nome incluído no Sistema de Procurados e Impedidos da Polícia Federal. A inclusão do nome do petista no cadastro tem o propósito de evitar sua fuga por qualquer meio de transporte e ensejaria sua detenção imediata.

O sistema online reúne informações sobre criminosos condenados que estão impedidas de entrar ou sair do país. As informações podem ser acessadas por policiais em aeroportos, portos, fronteiras e na emissão de passaporte.

A determinação veio do juiz federal Ricardo Leite, da 10ª Vara do Distrito Federal, na mesma decisão em que proibiu o petista de deixar o país e determinou a apreensão de seu passaporte.

O magistrado atendeu um pedido do MPF (Ministério Público Federal) do Distrito Federal, que considera que há risco de fuga do ex-presidente. Lula também teve que entregar o passaporte à PF. A entrega foi feita pelo advogado do ex-presidente na manhã desta sexta-feira (26).

O petista foi condenado a 12 anos e um mês de prisão em regime fechado no processo do caso tríplex, pelo TRF4, na quarta-feira (24). Durante entrevista à imprensa alemã, Lula afirmou que Lula viajaria para a Etiópia caso fosse condenado.

Impedido de sair do país, o ex-presidente deve estar se sentindo na pele de um cidadão cubano, que até bem pouco tempo, não podia deixar o país sem a permissão do governo. Pelo menos no Brasil,qualquer cidadão, inclusive os petistas, o direito de se manifestar livremente. Em Cuba não. 

Informe seu Email para receber notícias :