Lula pode ser preso "em questão de semanas” e havia risco concreto” de “possível fuga do País”, dizem procuradores



O pedido Procuradoria da República no Distrito Federal sobre a proibição do ex-presidente Lula deixar o país e a apreensão de seu passaporte contém vários alertas sobre as possíveis condutas do petista, além da menção bastante clara sobre a possibilidade do petista ser preso nos próximos dias.

Segundo os procuradores Anselmo Lopes e Hebert Mesquita, a execução provisória da pena de Lula, condenado a 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado no caso do triplex, “pode ocorrer em questão de semanas”. No pedido, os procuradores  também alertaram sobre o risco de fuga de Lula e defenderam que “é possível afirmar que passou a existir risco concreto” de “possível fuga do País”.

Leia abaixo um trecho do pedido encaminhado à 10.ª Vara da Justiça Federal em Brasília:

“É possível afirmar que passou a existir, desde ontem (quarta-feira, 24) (…) risco concreto aos bens jurídicos protegidos no processo e à garantia da ordem pública e da aplicação da lei penal (…), pela possível fuga do País do ex-presidente, notadamente para países sem acordo de extradição com o Brasil ou que lhe poderiam conceder institutos jurídicos internacionais como o asilo político”, sustentam os procuradores da República Anselmo Lopes e Hebert Mesquita no pedido de apreensão do passaporte".

O juiz Ricardo Leite acolheu o pedido dos procuradores e determinou a apreensão do documento. Lula já estava com as malas prontas para deixar o país. Além do alerta para o risco de fuga do petista, a informação de que a prisão de Lula “pode ocorrer em questão de semanas” foi, de longe, a mais impactante contida no pedido feito pela Procuradoria da República no Distrito Federal ao juiz Ricardo Leite.
-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget