linkaki

Lula já estava de malas prontas para deixar o Brasil. Justiça proibiu petista de viajar e determinou apreensão de seu passaporte em cima da hora



O ex-presidente Lula já estava com as malas prontas para deixar o Brasil com destino à Etiópia quando o juiz Ricardo Leite, da Justiça Federal no DF proibiu o petista de sair do país e determinou a apreensão de seu passaporte.

Segundo a Folha, "A ordem foi passada no início da noite desta quinta-feia (25) ao diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, que comunicou o ministro da Justiça, Torquato Jardim".

Logo após ter sido condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro pelo TRF-4, Lula viajaria na madrugada desta sexta-feira (26) para a Etiópia, país africano que não possui acordo de extradição com o país.

A decisão tomada pelo juiz federal no início da noite desta quinta-feria, 26, foi tomada com base em um pedido do Ministério Público Federal no DF como parte de um inquérito que apura supostos crimes na aquisição, pelo governo federal, de aviões caças da Suécia, e não em virtude de sua condenação a uma pena de 12 anos e 1 mês em regime fechado, no caso do triplex do Guarujá.

Houve ainda uma preocupação das autoridades no sentido de evitar constrangimentos ao petista no momento do embarque. Lula poderia ser barrado no setor de imigração do aeroporto. A PF se adiantou em avisar aos advogados do petista o mais rápido possível para que a viagem seja cancelada.

Ninguém no país via com bons olhos a possibilidade de um criminoso condenado deixar o país logo após a confirmação de sua condenação em segunda Instância. O tratamento dispensado a Lula é o que se espera em relação a qualquer criminoso condenado.

Em discurso hoje mais cedo, em São Paulo, Lula mencionou a viagem à Etiópia e negou que vá ficar exilado. "Como eu vou para a África, e os nossos adversários são tão ignorantes... Eles, se eu fosse para a França, iam dizer 'o Lula vai ficar exilado para a França.' Se eu fosse pra Itália, 'o Lula vai ficar exilado na Itália'. Mas eu vou para a África, e eles nem ousam, o preconceito é tão grande, que eles não admitem que alguém possa ir para a Etiópia para ficar exilado", falou o petista sobre a possibilidade de se refugiar no país africano. 

Informe seu Email para receber notícias :