linkaki

Lula está pedindo para ser preso há anos, desafiando autoridades. Bandido não tem medo de cadeia



Pessoas que tem medo de cadeia não cometem crimes. Já os bandidos contumazes não possuem este receio. Numa relação custo benefício, criminosos contemplam obter coisas que jamais poderiam obter por outros meios, a não ser roubando. São pessoas fracassadas e invejosas que querem por que querem alcançar bens materiais, fama e status, custe o que custar. Por outro lado, reconhecem intimamente que são pessoas inferiores que apostam alto e recorrem a ilícitos para alcançar objetivos. Neste sentido, não há criminoso que tenha medo de cadeia. Eles se arriscam cientes dos riscos.

O ex-presidente Lula não tinha nada a perder quando concordou com um grupo de burgueses em fazer parte de um plano de poder que tinha como objetivo conduzi-lo até a Presidência da República. Lula sabia que não se tratava de roubar um som de carro ou assaltar uma lotérica. O que estava em jogo era algo que certamente valeria a pena arriscar tão alto.

Embora a Lava Jato tenha descoberto dezenas de crimes praticados pelo petista para manter a farsa e continuar financiando os planos de poder do partido, Lula sabe que fez muito mais do que as autoridades podem supor. Como bom bandido, o petista ri intimamente, vangloriando-se do fato de seus investigadores não saberem da missa a metade.

Além de roubar o dinheiro do povo para si, para seu partido, para seus familiares, amigos poderosos, Lula usou boa parte do dinheiro do contribuinte para premiar bancos, meios de comunicação, artistas, políticos, juízes e ministros do STF. Foram bilhões investidos em uma vasta rede de sustentação que minimizasse o risco de ele ir para a prisão.

Mas quando se trata de mentes criminosas, todos os cenários costumam ser contemplados. Como para qualquer bandido, ser preso não é lá grande coisa, levando em conta todos os lucros, a vida fácil, as regalias, conforto e poder usufruídos graças aos crimes cometidos. Criminosos não se preocupam com o futuro. Querem viver o momento de forma intensa e aproveitar ao máximo tudo aquilo que o dinheiro pode proporcionar. A cadeia é apenas um retiro, pago pelo contribuinte, que serve para relembrar os grandes crimes cometidos diante dos olhos dos trouxas e as derrotas impostas aos adversários. Na cadeia, criminosos vangloriam-se de seus feitos e dão belas gargalhadas, gabam-se de sua ousadia. Confessam até mesmo alguns crimes aos companheiros de cela. Alguns.

Ser preso não é grande coisa para nenhum bandido. Tiram de letra e até curtem o convívio com seus pares. Conhecem gente 'interessante', aprendem coisas novas, descansam a cabeça, enfim. No caso de Lula e de seus associados, foram ponderadas as vantagens que poderiam ser obtidas com a prisão do grande líder. É isso mesmo. Há casos em que é vantajoso para o criminoso ser preso. Um sujeito que roubou milhões em uma joalheria é procurado pela polícia por ter assaltado um restaurante anos antes não vê qualquer problema em 'pagar por seu crime perante a sociedade' e reconquistar a liberdade para poder usufruir dos lucros obtidos com outros crimes maiores.

Bandido esperto não perde nunca. No caso de Lula e do PT, além dos possíveis crimes que jamais serão conhecidos pela sociedade, há ainda o plano de tornar Lula um mártir. Com esta narrativa, os políticos do PT vão continuar enganando o povo e se elegendo as custas de idiotas que não conseguem distinguir um partido de uma organização criminosa.

Não é por acaso que Lula continua ofendendo, caluniando e agredindo os juízes, desembargadores, procuradores e até mesmo a Polícia Federal, apos ter sido condenado em segunda instância pelo TRF-4 pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Ao petista, foi imposta uma pena, em regime fechado, de 12 anos e 1 mês de prisão. E Lula continua rindo na cara dos meganhas. Para ele, tanto faz. Poderia ter sido preso há dois anos, no ano passado, semana passada. Não importa. Quanto mais tempo ficar em liberdade, mais poderá tirar sarro das autoridades, da Justiça e das Instituições do país, e mais poderá se gabar com os companheiros de cela quando for preso.


Informe seu Email para receber notícias :