Lula é um criminoso condenado por unanimidade em segunda instância. Deve ser preso e está de fora da eleição de 2018. Ativistas de esquerda vão incendiar algumas lixeiras



O ex-presidente Lula já é um criminoso condenado em segunda instância. A partir da condenação confirmada por dois desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, o petista foi definitivamente enquadrado na Lei da Ficha Limpa, tornando-se inelegível, e pode, segundo entendimento em vigor no Brasil, ser preso em breve.

No julgamento do recurso do petista no Colegiado de Segunda Instância responsável pelos processos da Lava Jaro, o desembargador João Pedro Gebran Neto, primeiro a votar, aumentou a condenação do ex-presidente  por corrupção e lavagem de dinheiro para 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado no caso triplex – em 1.ª instância, Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a nove anos e seis meses de prisão.

O desembargador Leandro Paulsen, do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região também votou nesta quarta-feira, 24, pela condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Operação Lava Jato, em julgamento que ocorre em Porto Alegre. A Corte tem maioria para condenar o petista.

“Mantenho uma única condenação por corrupção e uma única condenação por lavagem de dinheiro”, afirmou.

O desembargador mandou um duro recado ao ex-presidente, que tentou intimidar autoridades e incentivou que seus aliados fizessem o mesmo:

“O julgamento é realizado por juízes togados, com formação e experiência para atuar equidistância e imparcialidade e orientado pela estrita do Direito ao caso concreto, mediante criteriosa análise dos fatos. As práticas de compadrio, de barganha, de arregimentação de apoios e de ameaças de retaliações são estranhas ao ambiente judicial. E se houver, serão criminosas. A linguagem, a lógica, o encaminhamento, não são os do tráfico de influência, da camaradagem, do tapinha nas costas. Aqui, ninguém pode ser condenado por ter costas largas e ser absolvido por ter costas quentes.”, observou Leandro Paulsen.

Na sequência, o desembargador Victor Laus , ao final de nove horas de julgamento, manteve a punição imposta no caso do triplex do Guarujá. Victor Laus seguiu Gebran Neto e Leandro Paulsen na condenação de Lula pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

O ex-presidente Lula recebeu a notícia logo que Pulsen confirmou seu voto, por volta das 16:30h. Abatido, o petista não conseguiu esboçar uma reação imediata. Ativistas de esquerda em todo país estão sendo insuflados a protestar contra a decisão da Justiça. Certamente, haverá algumas algazarras e pequenas badernas localizadas com destruição de lixeiras, bloqueios de rodovias e queimada de pneus, mas nada capaz de reverter a decisão formada por um Colegiado de Segunda Instância.
-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget