Lula é 'gentilmente' hostilizado durante ato no Rio de Janeiro. Artistas se disfarçaram para chegar Teatro Oi



O ex-presidente Lula não conseguiu evitar o desconforto causado por um educado grupo de manifestantes que lhe fizeram as hostes nas imediações do teatro Oi Casa Grande, no Leblon (zona sul do Rio). O petista ficou dando voltas pelo quarteirão em um carro com vidros escuros, esperando um momento de descuido dos manifestantes para chegar ao local onde era esperado por artistas e ativistas petistas.

Áreas da Zona Sul do Rio foram tomadas por manifestantes incomodados com a presença do criminoso condenado. Grupos organizaram manifestações que foram batizadas com o sugestivo nome de "Lula no Leblon Não". Os participantes ostentavam bandeiras do Brasil e cartazes onde se lia "Lula na cadeia". Um outro grupo usou o Hino Nacional para protestar contra a presença do criminoso condenado e de seus cúmplices na região.

Além do próprio Lula, a maioria dos convidados também demonstraram receio de serem hostilizados. Os óculos escuros, chapéus e bonés serviram como um bom disfarce e impediu que os manifestantes identificassem artistas e ativistas de esquerda famosos. Um humorista famoso lamentou ter que se camuflar para chegar ao local despercebido e comentou: chato isso, não?




-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget