linkaki

Lula destila ódio por ter sido ignorado por Obama durante visita a SP e despeja tolices em plateia de artistas petistas burros



O ex-presidente Lula voltou a abusar da estupidez dos artistas petistas na noite desta terça-feira, 17, durante ato no Teatro Oi Casa Grande, na Zona Sul do Rio. Destilando seu ódio por ter tido seus apelos para se encontrar com Barack Obama durante sua visita a São Paulo em outubro do ano passado, Lula tentou ridicularizar o ex-presidente americano, afirmando que Obama foi homenageado com o Prêmio Nobel como forma de compensação pela derrota imposta por ele, Lula, na disputa para sediar as Olimpíadas.

A plateia composta por artistas petistas saudosos das generosas verbas oriundas dos cofres públicos da era petista aplaudia efusivamente cada bobagem que Lula falava. O petista chegou ao cúmulo de dizer que perguntou ao responsável pela entidade de concede o Prêmio qual teria sido o motivo da escolha de Obama e que o sujeito teria dito que não sabia. Os artistas petistas aplaudiram entusiasmados o festival de bobagens proferido por Lula.

Na verdade, as indicações são feitas por milhares de pessoas de todo o mundo, tais como parlamentares, ministros, ganhadores de anos anteriores, professores universitários e membros de organizações internacionais.Os nomes são mantidos em segredo pelo comitê até o momento da divulgação dos vencedores.

Segundo a entidade, Barack Obama venceu o prêmio Nobel da Paz daquele ano por seus esforços para reduzir os estoques de armas nucleares e por seu trabalho pela paz mundial. Primeiro presidente americano de origem africana, Obama também trabalhou para reiniciar o estagnado processo de paz no Oriente Médio desde que assumiu o cargo.

Obama foi o terceiro presidente americano em exercício a receber o prêmio Nobel da Paz, depois de Theodore Roosevelt (1901-1909), agraciado em 1906, e de Woodrow Wilson (1913-1921), vencedor em 1919. Além disso, Jimmy Carter recebeu o Nobel da Paz de 2002, 20 anos depois de seu mandato (1977-1980).

Além do ressentimento de Lula por ter sido ignorado por Obama durante sua passagem por São Paulo, é sabido que o petista nutria um profundo desejo de ser agraciado com o Prêmio Nobel. Durante os anos de 2006 até 2010, o petista promoveu um lobby internacional com o dinheiro do contribuinte para se promover como o homem que vendia a imagem de que o Brasil era uma espécie de Etiópia e que matou a fome de milhões de brasileiros. Pouco tempo depois, Lula passou a ocupar as manchetes da imprensa internacional como "O homem que enganou o mundo" e em seguida, assegurou o título internacional de chefe de organização criminosa, após as revelações de seus crimes decorrentes das investigações da Operação Lava Jato.

A diferença entre os dois ex-chefes de Estado é que Obama continua fazendo palestras pelo mundo. Já o ex-presidente Lula acabou se tornando réu em sete ações penais, foi condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro e corre o risco de ir parar atrás das grades em poucos meses.




Informe seu Email para receber notícias :