linkaki

Esquerdista brasileiro é tão estúpido que acredita em partido socialista financiado pelo capital



Como levar à sério pessoas que pregam o repúdio à doutrina do capitalismo de Estado, mas que se se aliam e são financiados por empresários corruptos, donos de grandes empresas e bancos? Como acreditar em partidos que defendem as minorias, enquanto seus líderes se banqueteiam com gente como Eike Batista, Marcelo Odebrecht, Joesley Batista?

Na verdade, a esquerda brasileira serviu de capacho para a pior geração de empresários que este país já viu. Além da incompetência para lidar com as regras do capitalismo, da livre concorrência e  capacidade de inovação, características que justificam o êxito de empresários bem sucedidos, os capitalistas financiadores da esquerda se valeram do assalto aos cofres públicos facilitado por agentes políticos para financiar os partidos que se dizem socialistas.

A incapacidade dos líderes de esquerda em construir um partido autêntico e auto-sustentável reflete o espírito conivente e oportunista, de quem está disposto a participar da orgia com o capital. As contradições ideológicas acabam se materializando quando estes grupos chegam ao poder. Até mesmo os artistas de esquerda do Brasil são diferentes. Enquanto seus pares financiam partidos socialistas em outros lugares do mundo, os artistas brasileiros se aliam a partidos para conseguir mamar nas tetas do Estado.

No caso do PT e de toda a esquerda brasileira, os ícones do socialismo tupiniquim foram cúmplices do maior assalto aos cofres públicos em benefício próprio e em favor de empresários corruptos. Após uma década e meia no poder, o número de pessoas pobres cresceu, a desigualdade na distribuição de riquezas se ampliou, as regalias e salário dos representantes das elites foram escancaradas Enquanto os donos das grandes fortunas comemoravam, a criminalidade explodiu, o sistema de saúde faliu e a esquerda se desintegrou. O que houve de errado mesmo?

Informe seu Email para receber notícias :