Cadeia que Lula vai puxar no caso do triplex lava alma de três mil famílias de cooperados da Bancoop que ficaram sem seus imóveis



A condenação de 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado imposta pelos desembargadores do TRF4 ao ex-presidente Lula no caso do triplex deve lavar a alma de pelo menos três mil famílias de cooperados da extinta  Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop).

A cooperativa era presidida pelo ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, acusado de desviar R$ 200 milhões para as campanhas do partido e deixar cerca de três mil famílias sem seus imóveis. Com a Bancoop quebrada, Vaccari repassou as obras para o amigo do ex-presidente Lula, Léo Pinheiro, então presidente da empreiteira OAS, que se encarregou de caprichar em um triplex para Lula. Além do ex-presidente, o próprio Vaccari também garantiu sua unidade habitacional no Edifício Praia das Astúrias, no Guarujá, área nobre do litoral Sul de São Paulo. O apartamento de Lula, de 297 m2, no 16º andar, beira-mar, foi avaliado em 2011 pela Imobiliária Factual, por algo entre R$ 1,5 milhão e R$ 1,8 milhão. Isso sem contar as reformas sob encomenda feitas posteriormente pela OAS.

A “cooperativa habitacional dos companheiros do PT”, como a Bancoop era chamada, foi fundada com as bençãos de Lula em 1996 tendo o como diretor técnico o petista Ricardo Berzoini e João Vaccari Neto como diretor do conselho fiscal. Segundo a denúncia do MPF, o dinheiro era desviado para o PT por meio de empresas fantasmas, criadas para interceptar parte dos recursos captados pela cooperativa ao longo dos anos.

— A Bancoop era um verdadeiro balcão de negócios a serviço de uma organização criminosa. Uma arapuca que deixou mais de 3.100 vítimas (os que não receberam os imóveis já pagos há uma década) — O promotor do caso na época, José Carlos Blat.

 João Vaccari Neto, o ex-tesoureiro do PT preso na Lava-Jato pela suspeita de operar parte do esquema de corrupção na Petrobras, entregou o que restou da Bancoop para a OAS terminar pelo menos cinco prédios da Bancoop. Um deles foi o prédio onde Lula tem o triplex. Afundada em  irregularidades e numa crise financeira irreversível, a Bancoop deixou três mil famílias sem receber os sonhados apartamentos. Embora o custo tenha sido alto para toda essa gente, ver o ex-presidente Lula sendo preso é uma experiência que não tem preço.

-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget