Abatido, Lula fala em tom de despedida durante encontro com aliados de centrais sindicais



Visivelmente abatido, o ex-presidente Lula participou na tarde desta segunda-feira, 22, de uma reunião com sindicalistas na sede do Instituto Lula na capital paulista. O clima não era dos melhores. Condenado, em julho, a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá, Lula e seus aliados não pareciam nada otimistas em relação ao julgamento em segunda instância acontece no próximo dia 24, no TRF-4.

Sem muita convicção, Lula falou sobre uma suposta caravana que fará na região sul do país para discutir a reforma trabalhista. Repentinamente, Lula interrompeu sua fala sobre a caravana e, em tom embargado de voz, afirmou que "gostaria de que eles me pedissem desculpa a mim". Em sinceramente fico pensando esse negócio de candidatura, esse negócio de inocência...Eu quero que em algum momento alguém vá pedir desculpas, disse o petista que prosseguiu com as velhas lamúrias sobre seus processos na Justiça.

Caso a condenação seja confirmada, Lula pode ser considerado inelegível pela Lei da Ficha Limpa e ter sua prisão decretada.

-

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget