\imprensa Viva
.

Se Lula não puder concorrer, o Brasil vai entrar numa “instabilidade perigosíssima”, ameaça Gilberto Carvalho



O ex-ministro petista Gilberto Carvalho afirmou esta semana que o ex-presidente Lula vai ser candidato de qualquer jeito que que qualquer tentativa de impedir que o petista concorra nas próximas eleições presidenciais pode levar o pais à uma "instabilidade perigosíssima". O petista, que é réu ao lado de Lula acusado de corrupção passiva em um dos processos da Operação Zelotes, desafiou as autoridades do país e disse que podem “tirar o cavalo da chuva”, pois mesmo que seja condenado em segunda instância, Lula vai registrar sua candidatura à Presidência.

“Tirem o cavalo da chuva. Não esperem que aceitaremos de cabeça baixa [uma decisão contra Lula no TRF]. Nós, o povo, a sociedade brasileira, não aceitaremos tamanha arbitrariedade. Faremos uma grande mobilização nacional para sensibilizar órgãos e instâncias superiores para a necessidade de um julgamento democrático e justo, sob pena de o país entrar numa instabilidade perigosíssima”, diz Gilberto Carvalho, que hoje trabalha no gabinete do senador Lindbergh Faria (PT-RJ).

A fala do réu petista pode causar indignação em muita gente, mas tamanha empáfia só é possível diante da negligência dos ministros do STF, que vão cozinhando a situação para ver se cola e se calam diante das pretensões de um criminoso condenado e de seus cúmplices de voltarem ao poder.

Mas mesmo diante da conivência das autoridades e dos meios de comunicação que ainda se referem a Lula como possível candidato à Presidência, suas chances de concorrer são praticamente nulas. O petista tem tudo para ser condenado na Segunda Instância e ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa, tornando-se inelegível. O PT especula sobre a judicialização da campanha do petista, apostando na conivência e nos favores que alguns ministros devem a lula e ao partido. Mas tudo não passa de um grande blefe. A Lei é clara.

Condenados por colegiados de Segunda Instância se tornam automaticamente inelegíveis. Carvalho também blefa sobre a tal de "instabilidade perigosíssima”. O ex-ministro, melhor que ninguém, sabe perfeitamente que o PT perdeu a capacidade de mobilização de militantes. Haja vista os fracassos recentes das caravanas de Lula pelo Brasil. Uma vez que Lula seja condenado e se torne inelegível, haverá festa em todo o país e nenhum militante terá coragem de sair nas ruas de vermelho.

Com informações da Gazeta do Povo. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget