\imprensa Viva
.

Rodrigo Janot foge



Como foi antecipado anteriormente aqui no Imprensa Viva, o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot fugiu de dar explicações sobre o acordo de delação premiadíssima que firmou com os criminosos Joesley Batista, seu irmão e outros empregados. Janor recusou se engou a atender o convite para depor na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da JBS, em audiência marcada para esta quarta-feira (4).


"Cumprimentando-o cordialmente, comunico a Vossa Excelência que, tendo em vista o disposto no art. 236, II, da Lei Complementar nº 75/1993, devo declinar do honroso convite formulado por meio do expediente em epígrafe, uma vez que o sigilo profissional imposto aos membros do Ministério Público Federal, ali previsto, impede-me de prestar quaisquer esclarecimentos sobre atos praticados em razão da função desempenhada e afetos ao meu ofício", alegou Janot.

Pesam contra o ex-procurador suspeitas de que ele teria recebido uma fortuna do açougueiro Joesley Batista para conceder-lhe imunidade eterna no controverso acordo de delação da JBS, que teve a participação direta do ex-braço direito de Janot, Marcelo Miller. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget