\imprensa Viva
.

PF deve investigar atuação da JBS na nomeação de Edson Fachin para o cargo de ministro do STF



O ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, mais conhecido como o "Ursão de Dilma", deve se tornar alvo de uma investigação da Polícia Federal, caso o pedido encaminhado pelo relator da CPI da JBS, Carlos Marun, seja acolhido pela instituição. Marum pediu em seu parecer final que a PF investigue visitas do executivo Ricardo Saud, da J&F, a senadores, entre 2014 e 2016, para pedir apoio destes a pretendentes a ocupar vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal. Como o próprio Fachin já admitiu, Saud o ajudou na campanha para o cargo no STF.

“[Encaminho] à Polícia Federal para que investigue eventuais visitas de Ricardo Saud a senadores pleiteando apoio destes a pretendentes a ocupar a vaga de Ministro do Supremo Tribunal Federal durante período de 2014 a 2016”, diz o texto final do relatório.

Fachin possui vários elos com o Grupo JBS, do empresário Joesley Batista. O ministro homologou o acordo de delação premiadíssima dos açougueiros criminosos, no qual o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, prometeu imunidade eterna aos executivos da empresa. Janot também se tornou alvo de denúncia da comissão, encaminhada à Procuradoria-Geral da República.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget