linkaki

O STF, que deveria atuar com firmeza no combate à corrupção, é o que mais preocupa Sérgio Moro



Em matéria publicada neste domingo no O GLOBO, o juiz federal Sergio Moro manifestou sua preocupação com a postura dos ministros do Supremo Tribunal Federal, STF, instância máxima da Justiça do Brasil a quem cabe o papel de zelar pela aplicação das leis contra criminosos e atuar em sincronia com as demais instâncias do país no combate à corrupção.

Durante a entrevista, Moro se mostrou pouco confiante na Corte Suprema no que diz respeito à possibilidade de mudança na jurisprudência sobre cumprimento de pena após condenação de segunda instância. O magistrado entende que seria um “tremendo retrocesso” a mudança no entendimento atual.

“O que me preocupa de mais imediato, nesse esforço anticorrupção, é que houve uma decisão muito importante do Supremo Tribunal Federal que foi a que prevê que a partir de uma condenação em segunda instância se pode executar a pena. Vejo com preocupação alguma sinalização de que o Supremo poderia rever esse precedente. Eu entendo que esse precedente, com todo respeito a quem pensa o contrário, deveria ser considerado um ponto de não retorno. Seria um tremendo retrocesso. E de certa maneira ele ilustra uma certa zona de incerteza. O Brasil vai caminhar para a frente, vamos buscar construir um ambiente de maior integridade na gestão da coisa pública ou nós estamos aqui pensando em dar passos para trás e retomar aquela impunidade como regra que tínhamos não há muito tempo atrás? Seria terrível se algo desta espécie acontecesse.”, observou Moro.

Informe seu Email para receber notícias :