linkaki

Nunca na história deste país foi feita uma pesquisa para saber se um criminoso tem direito de se candidatar. O PT fez e não gostou



Pela primeira vez na história deste país, foi realizada uma pesquisa para saber se um criminoso condenado tem o direito de se candidatar à Presidência da República. A pesquisa realizada pela CUT-Vox Populi, divulgada nesta sexta-feira (15), foi uma grande decepção para Lula e para o PT. Mesmo diante de seu caráter duvidoso, os dados divulgados sobre o levantamento encomendado pela CUT (leia-se PT), mostra que 56% dos brasileiros acham que Lula deveria ter o direito de se candidatar na próxima eleição. Mas nem todos declararam que pretendem votar no petista. A pesquisa mostrou que, apesar de fazer campanha para presidência há mais de 30 anos, Lula não é mais considerado sequer candidato pela metade dos brasileiros. Sua candidatura é considerada uma ofensa para milhões de cidadãos. Lula foi duramente hostilizado durante as três etapas de sua caravana pelo Brasil. Por onde passou, foi chamado de ladrão e lembrado que seu lugar é na prisão.


Parece pegadinha, mas é verdade. Por mais absurdo que possa parecer, A CUT e o PT quiseram ouvir da boca do povo se um criminoso condenado tem o direito de concorrer à Presidência da República. Tanto a natureza inédita da pesquisa quanto seu resultado foram vergonhosos para Lula. Considerando a margem de erro, é possível afirmar que metade da pulação rejeita um candidato criminoso condenado.
O problema é que a pesquisa  foi realizada entre os dias 9 e 12. Foram entrevistadas 2 mil pessoas, em 118 municípios de todo o país num momento em que a condenação de Lula na primeira instância não significava um fator impeditivo para sua candidatura.

Ou seja, a pesquisa foi realizada bem antes do Tribunal Regional Federal da 4ª Região anunciar o julgamento do recurso de Lula na Segunda Instância para o dia 24 de janeiro de 2018. Confirmada a condenação do petista no TRF-4, Lula cai na Lei da Ficha Limpa e se torna inelegível. Se metade dos brasileiros já afirmaram que não querem um criminoso condenado concorrendo à Presidência da República antes mesmo da confirmação de sua condenação em Segunda Instância, é bem provável que este número aumente após Lula se tornar inelegível. Afinal, Lei é Lei.

Curiosamente, a pesquisa não perguntou a opinião dos brasileiros sobre a possibilidade de Lula concorrer da prisão.

Informe seu Email para receber notícias :