\imprensa Viva
.

No Rio, Lula usa caminhonete pertencente à CUT de São Bernardo, SP. Imposto sindical financiando campanha do Ladrão



O ex-presidente Lula tentou realizar um comício na última semana no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), um dos maiores símbolos do esquema de corrupção na Petrobras revelado pela Lava-Jato. A direção da estatal chamou a Polícia Militar, que impediu o acesso do petista e de seus cerca de 200 companheiros nas instalações do complexo.

Barrado, Lula teve que improvisar um discurso em cima de uma caminhonete adaptada para se tornar carro de som pertencente à Central Única dos Trabalhadores (CUT), registrado em nome da sede da entidade na cidade de São Bernardo do Campo, (SP). Uma Kombi do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil distribuía sanduíches e bananas para homens que aguardavam a chegada de Lula ao Comperj. Doze ônibus levaram sindicalistas e ex-trabalhadores das obras, paralisadas desde o fim de 2014.

Do alto da caminhonete, improvisada como carro de som, Lula reclamou duas vezes e disse não saber "qual foi o canalha" que acionara a PM para inviabilizar seu acesso ao complexo, cujo portão se manteve fechado.

O veículo foi comprado com dinheiro do imposto sindical obrigatório, extinto no texto da reforma trabalhista aprovada pelo governo recentemente. Aliado de Lula, o ex-governador do Rio, Sergio Cabral, foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 14 anos de prisão por recebimento de milhões em propinas pelas obras de terraplanagem do complexo do Comperj.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget