\imprensa Viva
.

Lula tenta desestabilizar o processo democrático do Brasil e promete que "2018 será um ano turbulento"



O ex-presidente Lula de mais um sinal de que está disposto a criar conflitos nas eleições em 2018. O petista voltou a afirmar neste quarta-feira (6), que pretende desafiar as autoridades do país para impor sua candidatura na marra.

O petista voltou a ofender o juiz Sérgio Moro e a Polícia Federal, afirmando que não encontraram nenhuma prova durante o cumprimento dos mandatos de busca e apreensão em sua residência no mês de março do ano passado, durante a deflagração da 24ª fase da Operação Lava Jato.

Foi justamente naquela oportunidade que a Polícia Federal descobriu que Lula tinha outra cobertura no mesmo edifício em São Bernardo, descobriu os documentos relativos as joias e obras em ouro que havia roubado do Palácio do Planalto e escondido em um cofre do Banco do Brasil em São Paulo, descobriu documentos e projetos relativos a obras no sítio em Atibaia, no triplex do Guarujá e até a compra de um terreno para o instituto Lula.

Apesar de tantas provas que acabaram permitindo a abertura de novos processos em que o petista se tornou réu, Lula continua mentindo nos palanques e insuflando seus seguidores a defendê-lo nas ruas. O petista, que tem sido alvo de hostilidades e do repúdio dos brasileiros revoltados com seu cinismo, procura agora provocar o povo para desestabilizar o processo democrático. Lula mandou um recado para os militantes do PT:

"Se preparem. 2018 será um ano turbulento"
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget