linkaki

Lula é burro ou bandido? "Eu disse: os donos somos nós e a gente vai tirar e vender pelo preço que a gente quiser" disse o petista sobre o pré-sal



O ex-presidente Lula não se cansa de surpreender o mundo com suas declarações estapafúrdias. Há quem imagine que o petista possua algum critério na escolha dos ambientes apropriados para falar bobagens, mas isto também é um mito. Lula superestima sua inteligência a um nível quase patológico ao mesmo tempo em que superestima a estupidez de sua audiência. O petista parece viver em um universo próprio no qual ele figura como o senhor da lógica.

Durante o encerramento de mais uma etapa de sua trágica caravana pelo país no campus da Universidade Federal Rural, em Nova Iguaçu, o ex-presidente afirmou que  quando foi descoberto o pré-sal e pensou  que "era o passaporte para o futuro". "Eu disse: os donos somos nós e a gente vai tirar e vender pelo preço que a gente quiser".

Qualquer estúpido sabe que o petróleo é uma commoditie com preço regulado pelo mercado internacional e que não há como vendê-lo por um valor acima da cotação diária, mesmo em contratos futuros.

Mas esta não foi a única estupidez de Lula no tocante ao pré-sal e o preço do petróleo. Historicamente, o valor da commoditie sofre grandes oscilações a cada ciclo de dez ou doze anos. Tem sido assim desde o início do século passado. E foi justamente em uma destas oscilações históricas, para cima, que Lula pegou a maior parte do dinheiro dos brasileiros e enterrou em obras bilionárias que acabaram abandonadas. Com o preço do barril na casa dos 120 dólares, Lula sequer se importou com os superfaturamentos das empreiteiras e considerou que os desvios do PT e de seus aliados eram insignificantes diante de somas tão gigantescas.

Se você tem um rato na sua casa que rouba um pedacinho de queijo, imagina se você coloca um queijo inteiro?, chegou a indagar o petista, ironizando os desvios na Petrobras.

Durante três anos seguidos, o ex-presidente Lula anunciou os maiores investimentos da história da humanidade na Petrobras. O total de investimentos previstos na exploração do pré-sal foi estimado em US$ 320 bilhões por especialistas como Lula, José Sérgio Gabrielli, Luciano Coutinho, Guido Mantega, Dilma Rousseff, Energia, Edison Lobão, e seis diretores da Petrobras, além dos conselheiros investigados na Lava Jato. Nem a NASA, o Exército Americano ou a China jamais anunciaram investimentos tão volumosos. A conta não fecha. Para recuperar essa grana, a Petrobras precisaria extrair e vender pelo menos 100 mil barris por dia ao longo de mais de 50 anos, considerando o alto nível de endividamento da estatal.

Dinheiro jogado fora. A queda do preço do petróleo no mercado internacional era prevista por dez de cada dez especialistas de mercado. Como esperado, o calor do barriu recuou abaixo de 60 dólares e permanece neste patamar até os dias de hoje. O problema é que com o crescimento de outras fontes de energia alternativas, a tendência é a de que este valor permaneça estável por um longo período de tempo. O avanço dos carros elétricos é uma realidade que já era contemplada quando Lula enterrou quase um trilhão de reais do dinheiro do povo em seu projeto megalomaníaco que tinha como pano de fundo a perpetuação do PT no poder. A maioria dos países da Europa já definiram um prazo limite para a produção de veículos movidos a gasolina. A fabricação deste tipo de automóvel será tolerada no máximo até 2030 em muitos países. Isto significa que antes disso, as montadoras terão que se mobilizar e ir abandonando a produção de carros movidos a gasolina.

Foi esta dura realidade que fez com que a Petrobras fosse forçada a abandonar a maior parte dos projetos concebidos por Lula e seus aliados, como a quase a totalidade do Comperj, no Rio de Janeiro; a segunda fase da Refinaria Abreu e Lima (Refinaria do Nordeste - Rnest), em Pernambuco, onde já foram investidos US$ 17 bilhões; a Petroquímica Suape, em Pernambuco; a Unidade de Fertilizante Nitrogenado III, situada no município de Três Lagoas (MS); a usina de Quixadá, produtora de biodiesel na Bahia; e um conjunto de comboios da Transpetro, subsidiária de logística da estatal, para navegação em hidrovias. Boa parte dos bilhões do dinheiro do povo gastos nesta aventura foram parar nos cofres do PT e de seus aliados políticos, nos bolsos dos empresários, marqueteiros, laranjas, doleiros e nos caixas dos meios de comunicação que também participaram da festa. Outra parte, o povo ainda está pagando com o endividamento da Petrobras, hoje na casa dos R$ 360 bilhões. A Outra parte de toda está grana está enferrujando nos parques de obras abandonados. Com todo este dinheiro, o PT poderia contratar os maiores cientistas do mundo, criar uma empresa maior que a NASA e colonizar Marte.

No encerramento de sua caravana no campus da Universidade Rural em Nova Iguaçu nesta sexta-feira, 08, Lula afirmou que "Todos que prestaram delação estão fumando charuto e rindo da nossa cara, quem está f... é o trabalhador", disse o petista. "Constroem a sociedade entorpecida, anestesiada, e colocam a culpa de toda a desgraça em alguém", reclamou Lula.

Não acabou. Como se não bastasse ter comandado a roubalheira na Petrobras que colocou a empresa de joelhos e ceifado mais de 100 mil empregos no estado, Lula, o padrinho de gente como Anthony Garotinho, Sérgio Cabral e Jorge Picciani ainda disse que "A Lava Jato não pode fazer o que está fazendo com o Rio".

Diante de todas estas tragédias financeiras bancadas pelo contribuinte, fica uma pergunta: Lula é burro ou bandido?




Informe seu Email para receber notícias :