\imprensa Viva
.

Luís Roberto Barroso, que se diz indignado com a corrupção mas elogia Lula, solta petista condenado a 12 anos por corrupção



O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)  Luís Roberto Barroso, aquele que se diz indignado com a corrupção mas elogia o ex-presidente Lula abertamente, acaba de mandar soltar o petista e ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato.

Condenado a 12 anos e 7 meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e peculado, Pizzolato não seria beneficiado pelo indulto de natal, pois Temer limitou o benefício apenas para condenados a penas inferiores a 8 anos, situação em que não se enquadra praticamente nenhum preso da Lava Jato. Antes, o indulto era concedido a condenados a penas de 12 anos.

No despacho em que liberou o petista que chegou a fugir para a Itália,  Luís Roberto Barroso alegou que o criminoso apresentou “bom comportamento carcerário”, tem bons antecedentes e está apto a se sustentar “mediante trabalho honesto”. Ele cumpriu pena em regime fechado no Brasil por um ano e sete meses. Desde 31 de maio deste ano está no semiaberto, também por uma decisão de Barroso.

Pizzolato cumpre atualmente regime semiaberto no Complexo Penitenciário da Papuda. Deve ser solto nesta quinta-feira (28), depois de audiência marcada para as 14h em Brasília. O ex-diretor possui imóvel no Rio de Janeiro, onde mora a sua mulher.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget