\imprensa Viva
.

Lewandowski derruba medida de Temer e dá R$ 7,2 bilhões em reajuste de servidores



O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF) acaba de conceder um belo presente de natal servidores públicos federais. que vai custar ao contribuinte a bagatela de R$  7,2 bilhões em 2018. O ministro camarada de Dilma simplesmente suspendeu por meio de uma decisão liminar (provisória), a medida provisória editada pelo presidente Michel Temer que adiava o pagamento da parcela de janeiro de 2018 do reajuste de servidores públicos federais.

Lewandowski foi além do limite do razoável e também suspendeu dispositivo da medida provisória que elevava de 11% para 14% a contribuição previdenciária dos funcionários públicos que ganham acima de R$ 5,3 mil. A assessoria de Temer informou que o governo vai recorrer da decisão liminar de Lewandowski.

O ministro ainda desafiou a autoridade do presidente Michel Temer e ironizou sua medida de conter o reajuste para servidores endinheirados" Se é verdade que o chefe do Executivo pode muito ao adotar medidas provisórias, também é fato que a ele não é dado fazer tudo com tais instrumentos, como desconstituir direitos adquiridos, por meio de um ato unilateralmente subscrito". Detalhe: a decisão de Lewandowski também foi unilateral, individual e de interesse pessoal direto nos benefícios dela decorrentes. O ministro afirmou que não é justo para com os servidores no "topo da escala" de salários, que sofrem uma "discriminação injustificável" por seus altos salários.


Não é justo que apenas um ministro promova uma sangria tão grande nos cofres públicos para atender aos interesses de privilegiados que recebem salários superiores a R$ 30 mil. Apenas na mudança da alíquota de contribuição, derrubada de 14% para 11% nesta segunda feira, 18, anula a expectativa  de uma arrecadação extra de R$ 2,2 bilhões em 2018.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget