linkaki

Joaquim Barbosa, que não prendeu Lula no mensalão, é contra prisão do petista no petrolão



O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa, não deve estar nada satisfeito com a definição sobre o julgamento do ex-presidente Lula na Segunda Instância, precito para o dia 24 de janeiro. Caso o colegiado confirme a condenação do juiz Sérgio Moro, que sentenciou o petista a 9 anos e 6 meses de prisão, Lula cai na Lei da Ficha Limpa e se torna inelegível.

Barbosa, que deixou Lula escapar ileso do processo do mensalão e permitiu que o PT prosseguisse assaltando o Brasil por anos a fio, certamente nutria alguma esperança sobre a volta de Lula ao poder. O ex-ministro não escondeu seu descontentamento com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e chegou a culpar os brasileiros pela crise política que culminou na queda da petista: “cada um faça uma boa reflexão e assuma a sua parcela de culpa pela baderna institucional que está tomando conta do país”, queixou-se Barbosa na época.

Sobre os inquéritos que pesam contra o ex-presidente Lula, Joaquim Barbosa, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, defendeu abertamente seu grande ídolo:

Folha - O que o senhor acha da hipótese de Lula ser preso?

Joaquim Barbosa - Eu nunca li, nunca me debrucei sobre essas acusações. Sei que há uma mobilização, um desejo, uma fúria para ver o Lula condenado e preso antes de ser sequer julgado. E há uma repercussão clara disso nos meios de comunicação. Há um esforço nesse sentido. Mas isso não me impressiona. Há um olhar muito negativo do mundo sobre o Brasil hoje. Uma prisão sem fundamento de um ex-presidente com o peso e a história do Lula só tornaria esse olhar ainda mais negativo", opinou o fã de Lula.

Barbosa agora deve estar triste. Se a Justiça não funcionou adequadamente quando ele era presidente do STF e teve todas as chances de acabar com a organização criminosa que assaltou o país por mais de uma década e meia, pelo menos agora, a mesma Justiça, caminha para levar Lula finalmente à prisão.

Por sorte, o juiz Sérgio Moro não pensa como Barbosa.

Informe seu Email para receber notícias :