\imprensa Viva
.

Dos palanques para a prisão. Dezenas de petistas devem perder a eleição e o foro privilegiado em 2018



A possibilidade de ver o encolhimento do número de candidatos eleitos nas eleições de 2018 não chega a ser a maior preocupação dos dirigentes do PT em relação ao futuro. Com dezenas de ocupantes de cargos nas assembleias legislativas, no senado e em governos estaduais investigados, a certeza de que a maioria deles não conseguirá se eleger nas próximas eleições leva a uma conclusão bastante sombria: todos vão perder a prerrogativa do foro privilegiado.

A situação da maioria dos políticos eleitos pelo PT é mesmo dramática e muitos podem ir parar atrás das grades logo que perderem seus mandatos. Com 9 senadores, número inferior a 2015, quando contava com 13. Do total, 7 parlamentares têm seus mandatos encerrados no ano que vem. Quase todos são réus.

Se a situação não é boa para os senadores petistas, a situação dos governadores eleitos pelo partido também não é lá um mar de rosa. Estão sendo investigados Tião Viana (PT), governador do Acre e Fernando Pimentel (PT), governador de Minas Gerais. Rui Costa (PT) governador da Bahia, Camilo Santana (PT) governador do Ceará e  Wellington Dias (PT), governador do Piauí.

A lista de deputados federais do partido investigados também é extensa. Arlindo Chinaglia (PT-SP), Andres Sanchez (PT-SP), Carlos Zarattini (PT-SP), Décio Lima (PT-SC), José Mentor (PT-SP), Maria do Rosário (PT-RS), Nelson Pellegrino (PT-BA), Vander Loubet (PT-MS),Vicente “Vicentinho” Paulo da Silva (PT-SP),  Vicente Cândido (PT-SP), Zeca Dirceu (PT-SP) e Zeca do PT (PT-MS) são apenas alguns dos nomes que podem enfrentar sérios problemas com a Justiça a partir de 2019, caso não consigam se reeleger.

Como se não bastasse, o líder máximo do PT, o ex-presidente Lula, é o que está mais próximo da prisão. Como não possui foro privilegiado, os processos que pesam contra o petista correm normalmente em várias instâncias do país. No dia 24 de janeiro, o petista terá um recurso julgado por um colegiado de segunda instância. Ao que tudo indica, 2018 será mesmo o ano da extinção do PT. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget