\imprensa Viva
.

Jorge Picciani se entrega na sede PF do Rio após decisão do TRF-2



Contrariando expectativas de que aguardaria algum recursos em andamento ainda na tarde desta quinta-feira (16), o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, decidiu se entregar na sede da Polícia Federal, no centro do Rio de Janeiro.

Mais cedo, a Justiça havia expedido os mandados de prisão contra Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB do Rio. A decretação da prisão ocorreu após sessão no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) anunciada no início da tarde desta mesma quinta-feira.

O MPF havia pedido as prisões dos três parlamentares com base nas investigações da operação Cadeia Velha, que apura pagamentos de propinas a agentes públicos por empresários do setor de transportes.

O TRF-2 atendeu a solicitação do MPF, mas observou que caberia ao plenário da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) analisar se os deputados permanecerão presos. Uma sessão extraordinária da Alerj deve ocorrer nesta sexta-feira às 15h.

A princípio, a decisão deve ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa e, lá, poderá ser elaborado um projeto de resolução que será encaminhado ao plenário da Alerj.


Mas existem alguns conflitos nesse trâmite porque os deputados Paulo Melo e Albertassi fazem parte do CCJ. Albertassi, inclusive, é atualmente presidente da CCJ. Então, é possível que antes que o projeto de resolução seja elaborado e encaminhado para a votação, tenha que haver uma mudança na composição da comissão. O petista André Ceciliano, como interino na presidência da Alerj, é quem deverá comandar a apreciação da decisão que mandou prender os três parlamentares do PMDB. Ceciliano pode convocar de modo urgente uma sessão para apreciar decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região. A expectativa é a de que  os três deputados do PMDB serão blindandos pelos colegas da Assembleia. O problema agora é reunir os parlamentares na Casa, pois não havia sessão marcada para esta quinta-feira, em virtude do feriado do dia 15. O 1º vice presidente da Alerj é Wagner Montes-PRB

O deputado estadual Paulo Melo (PMDB) também se apresentou na sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro, no centro da capital fluminense, na tarde desta quinta-feira (16) após terem a prisão preventiva decretada pela Primeira Seção do TRF-2 (Tribunal Federal da 2ª Região).
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget