\imprensa Viva
.

Garotinho foi preso por ter se vendido ao PT de Lula por R$ 2,6 milhões. Usou até pistoleiro para colocar a mão no dinheiro



O ex-governador do Rio de Janeiro,  Anthony Garotinho e sua mulher Rosinha Garotinho foram presos pela Polícia Federal na manhã desta quarta-feira, 22, acusados de crimes de corrupção passiva, extorsão e lavagem de dinheiro. Além do casal de políticos, o presidente do partido de Garotinho Antonio Carlos Rodrigues, ex-ministro dos Transportes de Dilma, também foi detido.

Todos são acusados de vender por R$ 2,6 milhões o apoio do PR ao PT de Lula em favor da campanha de 2014 da ex-presidente Dilma Rousseff. O dinheiro foi roubado do BNDES, via empréstimos para os açougueiros da JBS, que repassaram o dinheiro a Garotinho por meio de uma empresa de fachada.

O delator Ricardo Saud, diretor da JBS, “ contou, em depoimento de 24 de agosto, que repassou 2,6 milhões de reais, via caixa dois, à campanha de Garotinho ao governo do estado em 2014. Garotinho chegou a designar um pistoleiro para acompanhar os saques da propina.

O dinheiro da JBS, segundo Saud, fazia parte de um montante de 20 milhões de reais usados pela empresa para comprar o apoio do PR ao PT na eleição de 2014. Os recursos representavam uma ‘poupança’ referente a esquemas criminosos de Joesley Batista, Dilma e Lula, como linhas de crédito no BNDES.”
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget