\imprensa Viva
.

Quando Lula fala em se matar, ele quer dizer fugir. Para quem forjou tudo na vida, forjar a própria morte é moleza



Nos últimos dias, o ex-presidente Lula mencionou várias vezes a possibilidade de sua morte. Interlocutores do ex-presidente também mencionaram a eventual morte do petista 'antes' das eleições de 2018. A ex-´residente Dilma afirmou na Finlândia no último de 29 de setembro que "Lula estará presente nas próximas eleições de qualquer jeito Vivo ou morto, preso ou solto, condenado ou inocentado".

O próprio Lula afirmou poucos meses antes que se ele morrer antes das eleições viraria um mártir. No dia 27 de agosto, Lula voltou a falar sobre sua morte: "Eu serei forte como candidato, serei forte como cabo eleitoral serei forte libertado ou preso, vivo ou morto"

Esta semana, o petista voltou a abordar a própria morte durante discurso no centro do Rio, próximo às sedes da Petrobras e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), num ato pela soberania nacional.

“Não tenho pretensão de me matar. Vou enfrentar. Já provei minha inocência. Quero que provem uma única culpa”, disse Lula, complementando em seguida que seus opositores são responsáveis pela apressada morte de dona Marisa. “Querem evitar que eu volte. Mas estou tranquilo”, disse.

O ex-presidente ainda fez referências a mártires históricos que tiveram mortes prematuras pelas suas biografias políticas: Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek e Tiradentes. Sobre JK, disse que morreu sendo acusado de ter um apartamento na zona sul carioca que não tinha. Já Tiradentes foi enforcado sem que conseguissem “acabar com os ideais libertários da população”, segundo o ex-presidente.

Lula sabe que será condenado na segunda instância no caso do triplex. Lula sabe que será condenado no caso do sítio, no caso do apartamento em São Bernardo, no caso do recebimento de vantagens indevidas da Odebrecht, enfim. Lula sabe que será condenado várias vezes nos próximos meses e acabará preso, cedo ou tarde.

Para quem está acostumado com os discursos em que Lula bravateia, diz que vai fazer e acontecer, o número de menções à própria morte nos últimos meses parece mesmo excessivo. O problema é que, em se tratando de Lula, tudo é possível e suspeito. Para quem forjou tudo na vida, inclusive recibos de aluguel, forjar a própria morte é moleza. Os planos envolveriam uma preparação cinematográfica como um avião que mergulha nas profundezas do oceano. Lula desapareceria do mapa e seria dado como morto. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget