\imprensa Viva
.

Lula vive às custas do povo há décadas. Se fosse um sujeito digno, não ofenderia o contribuinte que paga seu feijão



98% dos átomos presentes no interior das moléculas que compõem as células do corpo humano são renovados anualmente através do ar que respiramos, dos alimentos que ingerimos e dos líquidos que consumimos. Um estudo baseado na medição do carbono-14 no organismo, elemento absorvido do ar pelas plantas que consumimos e, portanto, presente em nosso DNA, demonstrou que as células também se renovam periodicamente. Isso ocorre por meio de um ciclo constante no qual as células vão envelhecendo e morrendo, sendo substituídas por outras novas.

Isto significa que o corpo passe por uma “recauchutagem celular” da cabeça aos pés em intervalos que variam entre 7 e 10 anos. Em outros termos, 98% dos átomos presentes no corpo do ex-presidente Lula foram bancados pelo contribuinte. Pelo menos em três rodadas de recauchutagens. O mesmo pode se dizer de seus familiares. Desde 1993, Lula recebe um salário mensal de cerca de 6.000 reais como anistiado político por conta de sua militância contra o regime militar. Independente de ter se tornado presidente da República e vivido oito anos às custas do contribuinte, Lula vive há décadas graças ao dinheiro do povo.

Fosse um sujeito minimamente digno, o petista teria mais respeito com os cidadãos brasileiros que até hoje colocam o feijão em sua mesa. Chamar opositores de nazistas, coxinhas e outras ofensas impublicáveis são atitudes típicas de pessoas incapazes de conviver com o contraditório e de reconhecer a própria incompetência em se sustentar por seus próprios meios, a exemplo de milhões de brasileiros dignos que, com o suor de seus trabalhos, sustentam vagabundos ingratos.

O advogado norte-americano Mike Godwin observou que quase sempre que alguém estava perdendo uma discussão longa e acalorada recorria ao nazismo como argumento para tentar reverter a derrota iminente. Lula já chamou a população que protestava contra o PT de nazista em diversas oportunidades. Lula também já chamou os investigadores da Lava Jato de merdinhas e de nazistas. Nas alegações finais do processo do tríplex, até os advogados de Lula afirmaram que a tese usada pelo Ministério Público Federal (MPF) para pedir a condenação de Lula é a mesma utilizada por Hitler para viabilizar o nazismo na Alemanha. Lula se esquece que até o juiz Sérgio Moro, como contribuinte, ajuda a colocar o feijão em sua mesa.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget