\imprensa Viva
.

Lula quer que Moro destrua 462 gravações de ligações telefônicas do petista com seus cúmplices



Levado pelo desespero, o ex-presidente Lula perdeu completamente a noção do ridículo em suas tentativas vergonhosas de fugir do juiz Sérgio Moro. Após ter sido derrotado em dezenas de recursos contra o juiz da Lava Jato, o petista, por meio de sua defesa, tentou mais uma manobra desesperada. 

Os advogados de Lula entraram nesta segunda-feria, 30, com um pedido de liminar em mandado de segurança no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) para que o juiz Sergio Moro inutilize 462 gravações de chamadas que teriam sido interceptadas de forma ilegal no telefone do escritório Teixeira, Martins e Advogados.

Segundo a defesa de Lula, as gravações contêm diálogos do advogado Cristiano Zanin com o próprio Lula, em que ele orienta o cliente sobre aspectos de sua defesa, além de ligações do defensor a outros colegas que atuavam na causa.

As interceptações em telefones ligados a Lula foram autorizadas por Moro em fevereiro de 2016, e se estenderam até março. Entre elas estava o já célebre diálogo entre Lula e Dilma Rousseff em que a então presidente acertava com o petista a posse dele como ministro do governo dela.

Recentemente, Moro permitiu que a defesas de Lula tivesse acesso a  todas as interceptações feitas na época. Diante da reclamação dos advogados de Lula, ele suspendeu o acesso em relação aos diálogos questionados e que seriam protegidos por lei. Moro afirmou que posteriormente analisará a inutilização das gravações. Os advogados de Lula pedem que a inutilização seja imediata.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget