\imprensa Viva
.

Lula e PT desafiam a Justiça do Brasil e anunciam candidatura do petista em 2018, mesmo com condenação no TRF-4



O ex-presidente Lula já sabe de antemão que será condenado na Segunda Instância e se tornará inelegível antes de conseguir registrar sua candidatura em 2018. Ninguém melhor que o petista para avaliar suas chances de ser condenado no caso do triplex no Guarujá. Afinal, ele foi delatado por ninguém menos que seu cúmplice direto nos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

O executivo Léo Pinheiro, ex-presidente da empreiteira OAS e amigo pessoa de Lula há mais de três décadas não apenas confirmou que reservou a cobertura do Edifício Solaris no litoral paulista ao ex-presidente, como também informou que o imóvel foi destinado ao petista em contrapartida por contratos vantajosos da empreiteira obtidos junto à Petrobras.

Ciente de sua pré-condição de condenado na Segunda Instância, Lula sabe perfeitamente que não terá condição de registrar sua candidatura em virtude da Lei da Ficha Limpa. Diante destes fatos, Lula já afirmou que vai desafiar a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Porto Alegre, o TRF-4 no sentido de se lançar candidato de qualquer jeito. Segundo o Valor Econômico, o petista deve anunciar que "recorrerá de eventual decisão da Justiça impedindo sua candidatura em 2018. "Vou enfrentar", avisou. A cúpula do PT confirma que Lula será o candidato da sigla à Presidência da República".

Neste caso, Lula não vai contestar uma sentença, mas sim um acordão de um colegiado.

Ao que tudo indica, Lula pretende fazer com a Segunda Instância o mesmo que tem feito com o juiz Sérgio Moro ao longo dos últimos meses: desafiando e desqualificando o trabalho da Justiça Brasileira. Em uma de suas sentenças, Moro chegou a destacar uma das falas do petista na imprensa: "Se eles não me prenderem, eu prendo eles".

Lula continua desafiando o país e faz campanha abertamente, sem que as autoridades se manifestem sobre o caso. O petista inicia uma nova viagem de campanha no 23 de outubro com um roteiro de 12 cidades. A campanha deve se estender até o dia 30 de outubro e vai passar por cidades mineiras como Ipatinga, Governador Valadares, Teófilo Otoni, Itaobim, Itinga, Araçuaí, Salinas, Montes Claros, Bocaíuva, Diamantina, Codisburgo e Belo Horizonte, segundo apurou o portal Poder360.

A Globo, rentistas, artistas, sindicatos, e partidos da esquerda acreditam que a volta de Lula ao poder é a única forma que restabelecer as antigas fontes de financiamentos garantidas a estes grupos pelo PT ao longo da última década e meia. A emissora carioca tem feito ataques sutis ao juiz Sérgio Moro, narrando as frases de efeito criadas pela equipe de Lula para tentar desqualificar o magistrado. A Globo já demonstrou sua disposição de destruir a reputação de qualquer candidato compromissado com a austeridade e corte de regalias para grupos tradicionalmente sustentados pelo dinheiro do contribuinte. Segundo a emissora carioca, o Estado tem obrigação de financiar artistas, movimentos sociais e sindicais.

Abaixo, a máquina Global que está atuando a todo vapor para reconduzir a esquerda corrupta ao poder:


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget