\imprensa Viva
.

Lula diz que foi convidado para todos os encontros do G8, mas omite que chefes de Estado têm vergonha de recebê-lo



Em seu discurso na cidade de Diamantina (MG) neste fim de semana, o ex-presidente Lula abusou da boa vontade do público composto por militantes do PT, sindicalistas e ativistas de esquerda ao afirmar que um presidente precisa ter credibilidade.

"Se você não tiver credibilidade para o povo que você governa, junto aos empresários, junto ao sindicato, junto aos outros presidentes, você está desgraçado", disse o petista que tem sido duramente hostilizado em sua caravana, apesar do forte esquema de segurança e da blindagem garantida por militantes remunerados.

Apesar de ter se tornado réu em nada menos que seis ações penais, alvo de outros oito inquéritos criminas e ostentar o título de criminoso condenado, o petista afirmou ter conquistado credibilidade.

Omitindo o fato de não conseguir mais agendar nenhum encontro com lideranças mundiais, de ter sido ignorado pelo ex-presidente Barack Obama em sua passagem pelo Brasil e de ter dezenas de compromissos no exterior cancelados nos últimos meses, Lula disse que foi convidado para todos os encontros do G8, reunião dos líderes dos países mais ricos do mundo, como se os convites tivessem sido feitos por seu carisma e não por ter ocupado a Presidência da República por dois mandatos.

Mas o cinismo de Lula não tem limites e ele só se arrisca a falar tantas bobagens porque sabe que está diante de uma plateia cativa, contratada e cúmplice de seus crimes. Apesar da audiência fiel, Lula não conseguia esconder a tensão a cada grito de ladrão que ecoava em meio a multidão. Não havia como ignorar os xingamentos, mas Lula tentou. Meio sem graça, mas tentou.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget