\imprensa Viva
.

Lula desanda a falar coisas sem sentido em ato organizado pela esquerda no Rio e abusa da pouca inteligência de sua plateia



Deve ser mesmo muito constrangedor para uma pessoa razoável ter que ouvir e concordar com as tolices dos argumentos desfilados pelo ex-presidente Lula quando colocam um microfone nas mãos do petista. Esta situação embaraçosa até mesmo para inteligências mais elementares voltou a se repetir neste domingo em ato organizado por setores da esquerda no Rio.

Entre as pérolas do cinismo e do desespero do criminoso condenado, estão raciocínios vergonhosos: "Eles sabem que a pesquisa mentiu, porque colocaram uma pessoa com um percentual na pesquisa só para tirar voto meu. Eles sabem que eu poderia ter 40", disse Lula, referindo-se a inclusão do candidato Jair Bolsonaro na consulta. Tecnicamente, Bolsonaro, ou qualquer outro nome consultado, é mais candidato que Lula, que nem sabe se vai ser condenado na Segunda Instância, ser preso e se tornar inelegível nos próximos meses.

Seguindo este raciocínio brilhante, qualquer candidato constante na lista "roubaria' votos de Lula. Ainda na mesma linha de raciocínio, o petista dá a entender que somente o nome dele deveria figurar na consulta popular. Quem sabe assim, alcançaria os tais 40% de preferência do eleitorado, já que a mesma pesquisa revelou que mais da metade da população quer mesmo é vê-lo na cadeia.

Neste critério, Lula voltou a abusar dos resquícios de inteligência e da abundância de hipocrisia que reina entre seus discípulos: "A Folha de S.Paulo faz uma pesquisa com a seguinte frase: 'Você acha que, depois de todas as denúncias da Lava Jato, o Lula deveria ser preso?'. 56% [na verdade 54%] dizem que eu deveria ser preso. Mas a pergunta não é essa. A pergunta é saber quem faz as denúncias da Lava Jato. É a Rede Globo de televisão", disse o ex-presidente, como se a Globo fosse a responsável pelo fato dele ter recebido propina dissimulada sob a forma de um sítio em Atibaia, um triplex no Guarujá e uma cobertura em São Bernardo. Em outra situação sugerida pelo raciocínio de Lula, a Globo tem o poder do Ministério Público Federal de oferecer denúncias ao juiz Sérgio Moro, nome que Lula tem evitado mencionar na esperança de ser poupado de mais uma condenação no caso do recebimento de propina da Odebrecht revelado em detalhes por seu ex-ministro Antonio Palocci. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget