\imprensa Viva
.

Fracasso de Lula na caravana comprova fraude em pesquisas Em cada 30 pessoas, 29 saem de casa para xingá-lo de ladrão



O fiasco de público nos atos do ex-presidente Lula durante sua caravana por Minas Gerais está servindo para desmentir os institutos de pesquisa, que apontam em consultas recentes que o petista figura como o favorito na corrida presidencial de 2018. Numa cidade como Governador Valadares, que tem mais de 400 mil habitantes, Lula não conseguiu atrair nem 200 pessoas para seu comício, ocorrido na região central da cidade, densamente povoada. Cerca de 70% do público presente foi trazido de Ipatinga, cidade repleta de metalúrgicas onde a CUT possui milhares de sindicalizados.

Na cidade de Teófilo Otoni, que tem cerca de 160 mil habitantes e é governada por um prefeito do PT, a situação não foi diferente. Lula não conseguiu atrair 300 pessoas, apesar do feriado facultativo e o convite 'formal' para que todo funcionalismo comparecesse ao comício. A praça no centro da cidade foi cercada por um cordão de isolamento para impedir que manifestantes chegassem perto do palanque. De nada adiantou. Milhares de pessoas cercaram a praça para hostilizar o petista e o grupo trazido por ele de Ipatinga para inflar o ato. A proporção de pessoas contrárias ao petista era absurdamente superior aos que se encontravam no cercadinho providenciado pela prefeitura local. Para cada petista, havia pelo menos 20 manifestantes contrários à presença de Lula na cidade.

Se o petista tivesse conseguido atrair ao menos 5% da população para seus comícios, os manifestantes contrários não se sentiriam tão encorajados a gritar palavras de ordem e xingar Lula de ladrão a plenos pulmões.

O fato de Lula não conseguir mais atrair multidões só não é mais vergonhoso que o fato do petista atrair milhares de opositores que compareceram aos seus comícios apenas para xingá-lo. Isto significa que além de ter pouquíssimas pessoas dispostas a defendê-lo, o número de pessoas que fazem questão de comparecer a seus comícios para xingá-lo é cada vez maior, inclusive nas regiões mais pobres do estado de Minas Gerais.

Lula foi questionado por um velho companheiro na região de Araçuaí sobre o baixo número de pessoas presentes em seus comícios, mesmo tendo em vista o esforço dos grupos políticos locais em levar pessoas para os atos. A princípio, Lula respondeu: "não sei o que aconteceu com meu público", mas logo se corrigiu e falou que os tempos andam meio estranhos e que as pessoas ficam com certa vergonha de assumir suas preferências pelo PT com este "monte de mentiras que andam dizendo na imprensa".
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget