\imprensa Viva
.

Folha mente sobre vaias contra Lula em Minas Gerais ao atribuir protestos a eleitores de Bolsonaro



A imprensa está mesmo empenhada em perder toda sua credibilidade junto aos leitores com grau razoável de discernimento. Uma matéria publicada na Folha de São Paulo ilustra até que ponto vai a idiotice dos jornalistas em suas tentativas desesperadas de proteger o ex-presidente Lula, um criminoso condenado, enquanto se esforçam para atingir a imagem de políticos como o presidente Michel Temer e o deputado Federal Jair Bolsonaro.

O ex-presidente Lula foi duramente hostilizado durante a primeira fase de sua Caravana da vergonha por Minas Gerais. Além de não ter conseguido reunir um público mínimo em seu atos, o petista foi hostilizado e xingado de ladrão por moradores de Ipatinga,  Governador Valadares e Teófilo Otoni, as principais cidades da primeira fase da Caravana.

Mas a Folha afirma que Lula foi alvo de hostilidades apenas por parte dos apoiadores do deputado federal Jair Bolsonaro. Uma mentira deslavada fácil de ser identificada nas dezenas de vídeos que circulam nas redes sociais.

Para ilustrar a matéria mentirosa, a Folha se esforçou para conseguir a imagem de um único manifestante, em meio a milhares, com uma camiseta de Bolsonaro. Mas segundo a reportagem, que teve versões similares em outros sites de aluguel, todos os xingamento contra Lula partiram de pessoas "com camisetas de Bolsonaro" O jornal ainda mente sobre a quantidade de manifestantes que xingaram Lula de ladrão e diz que "cerca de 50 eleitores de Bolsonaro, com camisetas com a imagem do político, ocuparam a lateral do palco onde o petista participava de ato pela educação, durante a passagem da caravana de Lula por Teófilo Otoni (MG)".

Como não podia deixar de ser, a reportagem finaliza com as palavras de Lula, chamando seus opositores de "coxinhas".

Esta é a mesma Folha de São Paulo que apostou tudo na farsa dos açougueiros criminosos da JBS para derrubar o governo, por meio das flechadas do ex-procurador-geral Rodrigo Janot, numa vergonhosa campanha ancorada pela Rede Globo e outros sites de aluguel a serviço de especuladores do mercado financeiro. O fato é familiares de membros da própria equipe da segurança de Lula já confirmaram que os profissionais vivem sob constante tensão, pois onde quer que vá, o petista é chamado de ladrão. Caso a matéria da Folha fosse verdadeira, não precisaria nem haver eleição. Bolsonaro já estaria eleito.

Acompanhe o vídeo abaixo e veja se consegue identificar ao menos um manifestante com camisa de Bolsonaro, entre os milhares que xingavam Lula de Ladrão na cidade mineira de Teófilo Otoni. É claro que entre os manifestantes existem vários eleitores de Bolsonaro. Mas também existem eleitores de João Doria, eleitores indecisos e até ex-petistas revoltados por terem sido enganados durante tantos anos.

Contrariando informações da Folha




_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget