\imprensa Viva
.

Explicado. Ex-advogado-geral da União do governo Dilma, Luís Inácio Adams, atua na defesa dos irmãos Batista da JBS



O ex-advogado-geral da União do governo Dilma, Luís Inácio Adams, está atuando na defesa dos interesses dos irmãos Batista, donos do Grupo JBS, no processo no Tribunal de Contas da União (TCU) que investiga a participação do BNDES em negócios da empresa.

Quando comandava a AGU, Adams foi o responsável por defender a então presidente Dilma Rousseff no processo que analisou a prestação de contas do governo do ano de 2014, no episódio das pedaladas fiscais.

Adans contesta a afirmação do TCU, que concluiu que o BNDES teve prejuízo de R$ 69,7 milhões na compra de ações da JBS com vista à aquisição da Swift Foods & Co., a chamada Operação Swift, em 2007.

Segundo a defesa apresentada pelo emissário de Dilma ao TCU, não há necessidade do órgão rever as contas referentes a empréstimos do Grupo junto ao BNDES, já que a JBS assinou um acordo de leniência com a Justiça.

É justamente este acordo de leniência, juntamente com o acordo de delação premiadíssima dos açougueiros da Friboi, que deve ser cancelado nos próximos dias. Após fracassar tentando explicar ao TCU as pedaladas de Dilma, Adams deve repetir a experiência tentando explicar as pedaladas dos açougueiros no BNDES.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget