\imprensa Viva
.

Após esquerdização, Globo se voltou contra valores sagrados da família com maior vigor. Sociedade responde com repúdio



A esquerdização da Rede Globo pode ter custado caro à emissora carioca. Após se posicionar favorável aos últimos episódios envolvendo a exposição de crianças a situações limítrofes à pedofilia, o Grupo de comunicação se tornou alvo de uma das mais consistentes ondas de repúdio em toda sua história.

A Globo subestimou os valores morais da sociedade, o respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente e acreditou cegamente em seu poder de manipular as massas, como tem feito há décadas, pregando valores que ajudaram a degenerar a família brasileira. Fingindo não se dar conta da gravidade da situação envolvendo crianças pequenas, os comunicadores da emissora agiram de forma dissimulada, irônica e ainda atacaram um segmento da sociedade altamente influente nas redes sociais.

A Globo não chamou apenas os conservadores de fascistas. Chamou o pedreiro, a dona de casa e qualquer cidadão que preza pela educação de seus filhos e procura mantê-los longe da influência de mentes doentias que encaram com naturalidade quadros com os dizeres "criança viada" ou uma menina de cinco anos interagindo com um marmanjo nu. A receita de gourmetização da pedofilia não agradou o público.

É fato que a Globo nunca primou por enaltecer valores familiares, morais e éticos. Mas ao assumir publicamente a defesa de degenerados que tentam justificar seus atos doentios como formas de manifestação artística e liberdade de expressão, a emissora entrou definitivamente no radar das pessoas como algo potencialmente maléfico.

A emissora e seus empregados se tornaram alvos de uma onda tão avassaladora de revolta a indignação, que dificilmente conseguirá minimizar os efeitos negativos de uma postura tão temerária. Aos olhos de 99,9% da população, a Globo pecou e feriu de morte valores sagrados.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget